Páginas

Um oceano de amor! | Jonathan Edwards



Deus é a fonte do amor como o sol é a fonte de luz. E, portanto, a gloriosa presença de Deus no céu enche o céu com amor, como o sol no meio do céu visível em um dia claro, enche o mundo de luz. O apóstolo nos diz que "Deus é amor"; e, portanto, vendo que ele é um ser infinito, segue-se que ele é uma fonte completa e transbordante, e inexaurível de amor. E vendo como Ele é um ser imutável e eterno, ele é uma fonte imutável e eterna de amor.


No céu (onde breve estaremos) habita o Deus do qual toda corrente de amor santo, sim, cada gota que existe e sempre existirá, flui sem interrupção. Onde habita o Deus Pai, Deus Filho e Deus Espírito Santo, unidos em um único, infinitamente desejável, e incompreensível amor mútuo e eterno.



E esta gloriosa fonte sempre flui em córregos, sim, em rios de amor e prazer, e esses rios enchem, por assim dizer, um oceano de amor, em que as almas dos resgatados podem banhar-se com o gozo mais doce, e seus corações, por assim dizer, são inundados com o amor que a Trindade desfruta desde toda a eternidade!
Ler Mais

Revelação espiritual | Sermão | Jonathan Edwards (1703-1758)



“Tu és o Cristo, o Filho do Deus vivo” (Mt 16.16).

Cristo dirige estas palavras a Pedro na ocasião em que o apóstolo professa sua fé nEle como o Filho de Deus. Nosso Senhor estava perguntado aos discípulos quem os homens diziam quem Ele era. Não que Ele precisasse ser informado, mas apenas para introduzir e dar ocasião aos que o seguiam. Eles respondem que uns diziam que era João Batista, outros, Elias e alguns, Jeremias ou um dos profetas. Depois de terem relatado quem o povo dizia que Ele era, Cristo lhes pergunta quem eles diziam que Ele era. Simão Pedro, que sempre era zeloso e petulante, foi o primeiro a responder. Prontamente ele respondeu à pergunta, dizendo: “Tu és o Cristo, o Filho do Deus vivo” (Mt 16.16).

Nesta ocasião...

Ler Mais

O Engano do teu Coração (Sermão) | Jonathan Edwards (1703-1758)





Por que as pessoas vivem em pecado sem saber?
Com descobrir o pecado desconhecido no íntimo?
Como examinar a si mesmo?
Sonde sua consciência buscando os pecados secretos.

O perigo do pecado não-abandonado.


Ler Mais

Inferno! (Sermão Completo) | Jonathan Edwards (1703-1758)





Sermão pregado

por Jonathan Edwards Em abril de 1739.


"Estes irão para o castigo eterno" - Mt 25:46.



Ler Mais

#007 Jonathan Edwards | O Coração de um Peregrino



Jonathan Edwards mostra a característica dos verdadeiros peregrinos que vivem estimando Cristo acima de todas as coisas. Jonathan Edwards diz:
Peregrinos não se desviam do seu alvo.

"Um peregrino[...] não se deixa seduzir pelas belas aparências que possam desviá-lo do pensamento de seguir em frente. O final da sua jornada é o seu alvo. Caso se..." 


Ler Mais

#006 Jonathan Edwards | "Pastor, meu filho morreu!"



O que você diz para uma mulher cujo único filho acaba de morrer?
Isto é o que Jonathan Edwards teve que fazer por seis páginas em uma carta de 1751 para...


Ler Mais

#005 Jonathan Edwards | Bom quando salva e condena!


“Aquietai-vos e sabei que eu sou Deus”.

- Salmos 46:10 -

Deus é um ser absoluta e infinitamente perfeito, e é impossível que Ele venha a fazer o mal...


Ler Mais

#004 Jonathan Edwards | Você foi escolhido!



Jesus lhe afirmou: Bem-aventurado és, Simão Barjonas, porque não foi carne e sangue que to revelaram, mas meu Pai, que está nos céus. (Mt 16.17)
Cristo dirige essas palavras a...



Ler Mais

O Dom Maior! (Sermão) | Jonathan Edwards (1703-1758)




“O amor jamais acaba; mas havendo profecias, serão aniquiladas; havendo línguas, cessarão; havendo ciência, desaparecerá”


1 Coríntios 13:8


Ler Mais

#003 Jonathan Edwards | A Forca!



E, despojando os principados e potestades, os expôs publicamente e deles triunfou em si mesmo.


Colossenses 2:15



Ler Mais

#002 Jonathan Edwards | Como sofrer!



“Mesmo não o tendo visto, vocês o amam; e apesar de não o verem agora, crêem nele e exultam com alegria indizível e cheia de glória”


1 Pedro 1:8



Ler Mais
 
Jonathan Edwards | by ©2010