Páginas

22 de mai de 2013

Jonathan Edwards e uma pregação que move o coração!



Algumas pessoas, durante o Primeiro Grande Despertar (século XVIII), insistiram que era impróprio e anti-bíblico para pastores pregar de tal forma que o seu povo fosse movido e agitado.


A resposta de Jonathan Edwards a essa crítica é simples e vai direto ao ponto:


"Eu não acho que os ministros devam ser responsabilizados por elevar os afetos de seus ouvintes alto demais se eles estão sendo afetados com algo que é digno de todo afeto, e suas afeições não estão sendo levantadas e elevadas para além de uma proporção da importância, ou merecimento de afeto que devam ter.

Eu me vejo no caminho do meu dever  aumentar a afeição de meus ouvintes tão alto quanto possivelmente posso, desde que eles sejam afetados, despertados, movidos e empolgados com nada, mas tão somente com a Verdade. Que outra coisa seria mais digna de afetar todas as nossa afeições e agitar nosso coração ao ponto máximo? Eu quero isso"



Jonathan Edwards (“Some Thoughts”).

0 comentários:

Postar um comentário

 
Jonathan Edwards | by ©2010