Páginas

28 de set de 2010

Por que Deus decretou o Mal? - Jonathan Edwards



É algo apropriado e excelente que a infinita glória de Deus resplandeça; e pela mesma razão, é apropriado que o brilho da glória de Deus seja completo; isto é, que todas as partes de sua glória devam resplandecer, que cada beleza deva ser proporcionalmente fulgurante, a fim de que aquele que olha tenha uma noção adequada de Deus. Não é apropriado que uma glória deva ser excessivamente manifesta , e outra não ...







0 comentários:

Postar um comentário

 
Jonathan Edwards | by ©2010