Páginas

1 de jul de 2010

Pecados Secretos - Jonathan Edwards


- Sonde sua consciência buscando os pecados secretos -


Examine os segredos do seu coração. Você negligencia algum dever que somente você e Deus conhecem? Você aceita alguma prática secreta que ofende os olhos de Deus que tudo vêem? Examine-se a si mesmo em relação às responsabilidades básicas: leitura da Bíblia, meditação, oração secreta. Você cumpre totalmente todos esses deveres? Se sim, você os cumpre de uma maneira irregular e desatenta? Como é o seu comporta¬mento quando está escondido dos olhos do mundo — quando você não tem limites além da sua consciência? O que ela lhe diz?
Mencionarei duas questões em particular:

Pergunte a si mesmo se negligencia a leitura bíblica. Certamente a Bíblia foi escrita para ser lida — não somente por ministros, mas também pelas pessoas. Não é suficiente ler a Bíblia uma vez, ou somente em ocasiões especiais. As Escrituras nos foram dadas para estarem conosco continua-mente, para atuarem como regra da vida. Assim como o artesão precisa da medida padrão e o cego do seu guia, assim como aquele que caminha na escuridão carrega uma luz, assim a Bíblia deve ser a lâmpada para os nossos pés e luz para os nossos caminho (Sl 119.105).
Josué 1.8 diz: "Não cesses de falar deste Livro da Lei; antes, medita nele dia e noite, para que tenhas cuidado de fazer segundo tudo quanto nele está escrito, então, farás prosperar o teu caminho e serás bem-sucedido". Deuteronômio 6.6-9 ordenou aos israelitas:

Estas palavras que, hoje, te ordeno estarão no teu coração; tu as inculcarás a teus filhos, e delas falarás assentado em tua casa, e andando pelo caminho, e ao deitar-te, e ao levantar-te. Também as atarás como sinal na tua mão, e te serão por frontal entre os olhos. E as escreverás nos umbrais de tua casa e nas tuas portas.

Da mesma maneira Cristo nos ordenou a buscar as Escrituras (Jo 5.39). São estas as minas que temos que cavar a fim de alcançarmos os tesouros escondidos. Você negligencia este dever?

Pergunte a si mesmo se secretamente você está entretendo alguma paixão sensual. Há muitas maneiras e muitos graus de agradar a nossa


concupiscência carnal, mas cada um deles está provocando a um Deus que é santo. Você até mesmo se reprime de um prazer indecente, mas, de vez em quando, de algum modo você gratifica suas paixões e se permite testar a doçura de um prazer ilícito?
Você percebe que ofende a Deus, até mesmo quando faz isso apenas em pensamento e imaginação? Você é culpado desse pecado?

2 comentários:

Gaby disse...

que texto inquietante.

1 de julho de 2010 22:37
Luciano disse...

Meu Deus! Eu ouvi a Tua voz lendo este texto, que unção!
PAZ pessoal, é um prazer estar seguindo esse site.
http://lucianoac.blogspot.com/
Vou postar este texto em meu blog.

22 de julho de 2010 12:51

Postar um comentário

 
Jonathan Edwards | by ©2010